jump to navigation

Qual animal faz mais sexo? agosto 20, 2008

Posted by portaldoestudante in Sem categoria.
Tags: , , , ,
trackback

Com a quantidade de espécies no reino animal, é impossível responder com certeza a essa pergunta. Até porque a freqüência não é decisiva – e sequer deve ser relacionada à idéia que nós, humanos, temos do sexo, alerta a professora Marta Fabián, do departamento de Zoologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

“Existem várias estratégias reprodutivas, e muitas incluem a cópula repetida, mas isso não tem qualquer relação com o comportamento humano”. Ou seja, não vamos falar de sexo, mas de reprodução. E, nessas estratégias, algumas espécies chamam a atenção, como o Rei dos Animais.

Normalmente, o leão macho briga com outro e se torna o chefe de um grupo, ou família, de fêmeas, explica a professora.

Assim como o urso, o leão então pode acasalar com várias fêmeas em um só dia. Marta lembra que outros animais têm táticas curiosas: entre as hienas, por exemplo, apenas uma das fêmeas do grupo é autorizada a se reproduzir.

Tudo isso é para garantir que os melhores genes passem para a geração seguinte: sim, é a seleção natural de Darwin que está por trás das estratégias sexuais dos bichos.

“Os animais que desenvolvem a estratégia que melhor beneficia a espécie prevalecem”. Entre as abelhas domésticas, o processo resultou numa tática curiosa: as rainhas jovens tem um “vôo nupcial”. Saem da colméia e procuram clareiras, áreas com milhares de machos. Ao copular, o macho perde a genitália e parte do aparelho digestivo – morre de fome, conta a professora da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) Betina Blochtein.

Enquanto isso, a rainha volta para a colméia, onde as operárias retiram o “material”. Ela está pronta para voar – e ser fecundada – de novo. Segundo Betina, estudos mostram que a abelha pode copular até 20 vezes de uma vez. “Mas, também, é uma vez na vida. Depois disso, nunca mais: o material genético que ela recolhe nesse período dura entre 5 e 7 anos”, conta a professora.

Segundo ela, muitos insetos usam essa tática: têm uma bolsa, chamada de espermateca, que torna desnecessário copular muitas vezes na vida. Muitas vezes ou de uma só vez, o ato sexual no reino animal só serve para uma coisa – eternizar o material genético nas próximas gerações.

Anúncios

Comentários»

1. Silas F. Bonifácio - agosto 24, 2008

Muito curioso fico grato em saber disso


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: