jump to navigation

A era napoleônica abril 5, 2008

Posted by portaldoestudante in História.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
trackback

Com o domínio girondino, a partir do Diretório, na França, durante o fim da Revolução Francesa, continuava a instabilidade econômica e a insatisfação burguesa. Enquanto isso, ao somar inúmeras vitórias em guerras e ser visto como um disciplinador, líder, carismático e conquistador, surgia um novo herói francês, Napoleão Bonaparte. Associando-se essas duas condições, facilitou-se a elevação de Napoleão ao poder, forjando, assim, o 18 de Brumário (golpe de estado).

A era napoleônica se inicia com o Consulado, uma forma tripartite de governo com Bonaparte à frente. Logo em seguida foi instituído uma nova Constituição, dando amplos poderes ao primeiro cônsul (Napoleão). Houve, então, uma recentralização político-administrativa do poder, porém, agora a favor da burguesia e com o apoio do povo. O campesinato estava a favor do Consulado devido ao fato de terem ficado com as terras expropriadas da Igreja Católica e da nobreza. Nesse período criou-se o Banco da França, com o Franco como moeda (é utilizada até hoje) e o Código Civil Napoleônico, baseado no Direito Romano, que assegurava as conquistas burguesas durante a Revolução. São elas:

Igualdade de todos perante a lei;

Direiro à propriedade privada;

Proibição da criação de associações de trabalhadores e greves

Fim definitivo da intervenção do Estado na economia.

Um pouco mais tarde, como forma de acabar definitivamente com a ameaça dos Bourbons (dinastia que governava a França no Antigo Regime) o Consulado foi substituído pelo Império, sendo Napoleão o imperador. Essa parte da era napoleônica é caracterizada pelas inúmeras guerras da França contra a Inglaterra e outros países que formavam Coligações (tinham o intuito de derrotar Napoleão e reimplantar o absolutismo). Durante todo o pós-revolução a França foi cercada por inimigos políticos e econômicos.

Econômicos=Inglaterra, que via na França uma ameaça à sua hegemonia econômica na europa

Político=Coligações (Áustria, Prússia, Rússia, Países Ibéricos), tinham medo de que os ideais liberais franceses se propagassem para toda a europa.

Napoleão enfrentou e venceu várias dessas Coligações. No entanto, tentou destruir, por meio de guerras, a Inglaterra, mas não consegui devido ao poderio naval inglês. Como não conseguiu com o confronto direto, tentou, com o Bloqueio Continental, declinar a economia inglesa. Esse bloqueio estabelecia o fim da comercialização dos países aliados da França com a Inglaterra. Nessa fase se tem uma história curiosa: Portugal foi obrigado a assinar o acordo, mas tinha tratados comerciais com a Inglaterra e, portanto o seu apoio. O rei português continuou a comercializar com os ingleses e, por isso, Napoleão resolveu invadir Lisboa. Durante a aproximação dos Franceses, Dom João VI (rei português), com o apoio inglês, fugiu para sua maior colônia, o Brasil, causando uma grande perda de tempo para o exército francês. Em um de seus escritos Napoleão diz mais ou menos o seguinte: “Dom João VI, o único a me enganar”.

No fim das contas, o Bloqueio Continental foi mais prejudicial aos aliados do que para a economia inglesa, que encontrava mercado consumidor em outras regiões.

O declínio de Napoleão começou quando a França iniciara a dominação e, principalmente, exploração dos países europeus conquistados. O imperador francês substituiu o rei espanhol pelo seu irmão, José Bonaparte, revoltando os espanhóis. Os países ibéricos e a Rússia foram os que iniciaram guerras contra o domínio napoleônico na europa. A Inglaterra financiou a guerra, favorecendo os países contra a França.

Ao tentar invadir a Rússia as tropas napoleônicas se desgastaram profundamente, pois nesse conflito os russos adotaram a tática de “terra arrasada” em que os franceses invadiram Berlim e encontraram tudo em chamas, causada pelo próprios russos como forma de deter o exército opositor. Muitos soldados franceses foram mortos de fome, frio e cansaço.

Não aguentando os opositores, Paris foi invadida e Napoleão submetido ao Tratado de Fontainebleau, no qual ele seria exilado em uma ilha recebendo uma pensão em troca da perda do direito ao trono da França.

Nesse período restabeleceu-se a dinastia dos Bourbons na França e retomou-se o absolutismo. Em pouco tempo Napoleão fugiu do exílio e tomou novamente o poder, governando durante o período chamado de Cem Dias. Logo em seguida a Inglaterra capturou Bonaparte e o exilou na Ilha de Elba, ficando por lá até a sua morte.

A era Napoleônica foi um período de várias conquistas para a França e de consolidação dos ideais burgueses adquiridos durante a Revolução Francesa. Vale ressaltar que a Revolução acaba quando Napoleão entra no poder.

 Vote no Portal do Estudante no TOP30. Clique aqui para votar!

About these ads

Comentários»

1. Revolução Industrial « O Portal do Estudante - abril 21, 2008

[…] em Abril 21, 2008 No período do Congresso de Viena (aconteceu durante o período chamado Cem dias) a Inglaterra se desenvolvia industrialmente e consolidava o processo denominado Revolução […]

2. larissa - setembro 3, 2008

eu gostei muitoooooooooooo

3. steffany - maio 21, 2009

muito legal esse site

♥♥

4. julio - maio 26, 2009

me ajudou muito no ceminario

5. Laisa ♥♥ - junho 15, 2009

Esse site eh maráááh^^…ajudou muuitoOo no meu trabalho!*-*

6. lara - agosto 22, 2009

nao fico bom

7. Mari xD - agosto 28, 2009

Amei este site ele possui um conteudo completo com cada momento cada frase muito bem elaborada e detalhada!!

8. larissa lima - setembro 7, 2009

é muito bom este site para os estudantes assim eles possuem um conteúdo completo para desenvolver pesquisas escolares ou para ate saber mais sobre um especificado assunto como eu que li “a era napoleonica” agora vou usar bastante este site pra aprimorar meu conhecimento.
meu nome é larissa lima moro em campo grande,ms tenho 13anos curso o 8ºano

9. IGOR MAGNO BRITO DOS REIS CASTRO MENDONÇA - outubro 15, 2009

Continue colocando pesquisas boas. Valeu a pena.

10. uma estudante comum - outubro 27, 2009

bom mesmo!!

11. leticia - novembro 21, 2009

nõ está bem explicado preciso de tudo bem explicado
porém bem resumido!!!!!!

12. estéfani danielle r. da silva - novembro 23, 2009

bem pensado, é uma ótima oportunidade para os alunos.PARABÈNS!!!!!!
CEI CREMILDA DE OLIVEIRA VIANA
PVA DO LESTE,MATO GROSSO

13. Arlandi - março 15, 2010

e muita coisa pra copiar.. mas valeu a pena..
obg

14. karen - abril 21, 2010

não curti,na realidade não achei o que precisava (;

15. pamela - agosto 5, 2010

não achei o que precisava

16. Chuck Norris - março 29, 2011

Não é melhor que a minha dedução pessoal !

17. binho - junho 5, 2011

Valeu, me ajudou muito no trabalho!!!!!!!!

18. eberton - junho 10, 2011

Poxa esse site é muito bom pra a pessoa estudar porque ele possui todos os conteúdos para um estudante a para uma professora vlw mesmoo

19. Nathália - agosto 12, 2011

Legal esse site da para mim estudar a vontade nesse site!!!

20. Roberta - setembro 7, 2011

Nossa , pode pá que esse site é muito bom ,bem resumido , mais ao mesmo tempo muito bem explicado

21. claudia - setembro 12, 2011

Adorei o q lie

22. thereza - agosto 2, 2012

odieiiiii esse site


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 181 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: